A Captura do Prazer: Homossexualidade Masculina e Saber Médico na Bahia do Século XIX (1850-1900)

A captura do prazer: homossexualidade masculina e saber médico na bahia do século XIX

Resumo
O objetivo deste trabalho é examinar a construção de um discurso sobre a homossexualidade masculina no século XIX, a partir centralmente das teses de final de curso dos estudantes da Faculdade de Medicina da Bahia. De uma denúncia moral, durante os anos 1850 e 1860, a homossexualidade lentamente transformou-se numa categoria analítica médica que ajudava a criar e/ou nomear certos sujeitos, indignos de integrar plenamente o corpo da nação brasileira. Assim, em temas tão diversos como a higiene das famílias, do casamento, dos colégios, aspectos biológicos do criminoso, degeneração, libertinagem, entre outros., é possível observar o entrelaçamento cada vez mais firme entre prática sexual, padrões de masculinidade e inferioridade biológica como marcadores da (a)normalidade de certos indivíduos. Por fim, no final do século, emerge uma patologia nova para nomear e intervir em velhos sujeitos, empreitada necessária para manter a ordem na sociedade politicamente convulsionada no final do século XIX.

Abstract
This study is concerned with the making of a discourse on male homosexuality in the nineteenth century, with focus on the final dissertations of students in the Medical Faculty of Bahia, Brazil. During this period, the conception of homosexuality slowly changed from a moral indictment in the years 1850 and 1860 to a medical analytical category used to create and nominate certain subjects, considered unworthy of being fully integrated in the Brazilian nation. In themes as diverse as family, marriage and school hygiene, biological characteristics of criminals, degeneration and libertinism, among others, it is possible to observe the growing intertwining between sexual practice, masculinity patterns and biological inferiority as references for the normality / abnormality of certain individuals. By the end of the century, there emerges a new pathology to nominate and intervene in old subjects, a process that was considered as necessary to maintain order in the politically convulsed society of the late nineteenth century

Download: PDF no Academia.edu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *